Pombos Perdidos e Achados

Apesar da extraordinária capacidade de orientação dos pombos-correio, por vezes perdem-se durante os treinos ou provas. O dever moral e legal de quem encontrar um pombo-correio extraviado é comunicá-lo de imediato à Federação Portuguesa de Columbofilia, que tratará de identificar o proprietário a fim de se proceder à recuperação do pombo.

Antes de comunicar o pombo deve identificá-lo. Todos os pombos-correio têm obrigatoriamente uma anilha oficial (anilha metálica revestida a acrílico) identificativa, onde constam o país, o número da anilha e o ano. As anilhas portuguesas são identificadas pela palavra PORTUGAL, o ano e por um conjunto de 6 ou 7 dígitos. Por exemplo: 1234567/2001.

Se for um sócio, colectividade ou associação filiado na Federação Portuguesa de Columbofilia, dirija-se ao Portal do Columbófilo e comunique o pombo. Ficará a saber imediatamente qual o seu proprietário e respectivos dados de contacto. Por sua vez, o proprietário será informado por SMS e/ou correio electrónico do achamento do pombo e dos dados de contacto do achador.

 
Clique para comunicar o pombo no Portal do Columbófilo

Se nunca tiver utilizado o Portal do Columbófilo, obtenha a sua palavra-passe através da opção de recuperação de palavra-passe. A sua palavra-passe será enviada por SMS ou correio electrónico, para os contactos indicados no último recenseamento.

Consulte as Perguntas e Respostas para mais informações sobre o Portal do Columbófilo e sobre a comunicação de pombos extraviados.

Se não pertencer à estrutura columbófila, poderá comunicar o pombo pelo telefone (+351) 239 853 100 (dias úteis, horário de expediente) ou por correio electrónico .